Conmebol se manifesta sobre casos de racismo e garante ‘endurecer penalidades’

A Conmebol se manifestou oficialmente, na tarde desta sexta-feira (29), sobre os recentes casos de racismos nos estádio sul-americanos. Segundo nota da entidade máxima do futebol no continente, é ‘absolutamente inaceitável’ qualquer manifestação de racismo e outras formas de violência em seus torneios. A Conmebol destaca que pretende ‘aumentar e endurecer penalidades’.

Os casos de racismo

Na última semana, o estádio Más Monumental foi palco de um caso de racismo de um torcedor do River Plate contra brasileiros do Fortaleza. Ao longo dessa semana, um torcedor do Boca Juniors foi flagrado cometendo injúria contra corintianos, um fã do Emelec praticou racismo contra palmeirenses, um torcedor do Estudiantes contra o torcedores do Red Bull Bragantino e, na última quinta-feira (28), um torcedor da Universidad Católica imitou um macaco na direção da torcida do Flamengo.

 

Confira o comunicado da Conmebol na íntegra:

“A CONMEBOL considera ABSOLUTAMENTE INACEITÁVEL qualquer manifestação de racismo e outras formas de violência em seus torneios. Assume e assumirá sempre a sua quota-parte de responsabilidade no combate a todo o tipo de discriminação. O combate a este flagelo ocupa um lugar central nas preocupações e no trabalho da CONMEBOL, o que se evidencia nas múltiplas campanhas de sensibilização e ações de grande envergadura, bem como na aplicação de sanções a quem incorrer nestas práticas desprezíveis. .

– A CONMEBOL promoverá mudanças na regulamentação para AUMENTAR E ENDURECER as penalidades em casos de racismo. Também se compromete a desenhar e implementar novos programas e ações que visem banir definitivamente este problema do futebol sul-americano.

– O futebol é um difusor incomparável de valores positivos e construtivos na sociedade. Nos campos, treinos e competições, os jogadores de futebol aprendem desde cedo a respeitar seus adversários e valorizar suas virtudes, a tolerar os erros dos companheiros e ajudar a corrigi-los, a trabalhar em equipe e em união, a saber que o caminho para vitória É a do trabalho e do sacrifício. A CONMEBOL intensificará o trabalho contra o racismo e outras formas de discriminação nas CATEGORIAS DE TREINAMENTO.

– É preciso ressaltar que o racismo não é um fenômeno que começa e termina no futebol, que, sendo um espetáculo massivo, torna-se mais um campo de ampla visibilidade em que este e outros vícios sociais podem vir à tona. A sensação de anonimato proporcionada pelas arquibancadas esportiva leva os desajustados a desencadear seu comportamento inaceitável. No entanto, isso mudou muito nos últimos anos, pois agora é possível IDENTIFICAR CLARAMENTE OS INFRATORES E PUNÍ-LOS COM A MAIOR GRAVIDADE.

– Esses flagelos não serão superados se não se entender primeiro que eles devem ser atacados em todos os níveis: na educação familiar, nas escolas e faculdades, na mídia, nas organizações civis, no mundo empresarial, através das políticas públicas e certamente também em esportes.

– A CONMEBOL exorta todos os jogadores do futebol sul-americano – clubes, federações, mídia e torcedores – a REDOBRAR ESFORÇOS PARA ERRADICAR O RACISMO e outras formas de violência e discriminação e preservar o que há de mais valioso no nosso esporte: sua mensagem de camaradagem, esportividade e saúde concorrência.”

Em nota, entidade considera ‘absolutamente inaceitável’ qualquer manifestação de racismo e outras formas de violência em seus torneios

Related Posts

Matheus Babi volta a jogar depois de quase dez meses lesionado

Matheus Babi, atacante com passagem no Botafogo e atualmente no Athletico, voltou a atuar depois de quase dez meses afastado dos gramados. O jovem atacante de 24…

Marcelo Gallardo vira opção do PSG para substituir Mauricio Pochettino, diz jornal

O Paris Saint-Germain se sagrou campeão francês pela décima vez, mas não considera sua temporada um sucesso após a queda da Uefa Champions League para o Real…

Danilo Soares faz balanço de temporada pelo Bochum na Bundesliga: ‘Surpreendemos’

Em sua primeira temporada na elite do futebol alemão, o lateral-esquerdo Danilo Soares avalia de forma positiva o retorno do VfL Bochum na disputa da Bundesliga após…

PSG teve prejuízo recorde na última temporada: R$ 1,1 bilhão

Nesta quinta-feira (12), o blog ‘Swiss Ramble’ divulgou dados financeiros da última temporada do Paris Saint-Germain, revelando que o clube francês teve um prejuízo gigantesco, de 225…

Vini Jr. marca primeiro hat-trick da carreira e torcedores vão à loucura

Já campeão de LaLiga, o Real Madrid recebeu o Levante nesta quarta-feira (12), no Santiago Bernabéu, e goleou por 6 a 0, com gols de Mendy, Benzema,…

Jonatas Santos celebra título da Liga nos Emirados Árabes Unidos: “Momento único”

O Al Ain, um dos principais clubes dos Emirados Árabes Unidos, consagrou na última quarta-feira (11) o seu domínio no futebol nacional na atual temporada. A equipe havia…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.