Chay declara não se sentir ameaçado com a chegada de reforços ao Botafogo: ‘É natural’

Futebol se faz com amor, paixão, emoção e outros tantos sentimentos calorosos, que envolvem milhões de fãs ao redor do mundo. Porém, as últimas notícias do futebol brasileiro têm cada vez mais enfatizado a importância de ter, também, dinheiro. Em exclusiva à TNT Sports, o meia-atacante Chay, de 31 anos, do Botafogo, contou um pouco sobre como foi acompanhar internamente o processo de mudança do clube ao tornar-se SAF, bem como as recentes contratações de jogadores e técnico.

Dos três jogos disputados com o Botafogo desde quando o novo técnico Luís Castro assumiu, Chay não foi titular em um deles. Na vitória por 3 a 0 sobre o Ceilândia, pela Copa do Brasil, o meia foi poupado. Com o investimento financeiro realizado no clube, que foi comprado pelo empresário John Textor, o Glorioso já fez cerca de 12 novas contratações, inclusive para setores do ataque. 

Nos três jogos com Luís Castro, Chay foi titular em dois deles. / Foto: Isabela Azine/Agif/Gazeta Press Victor Cuesta é um dos novos reforços do Botafogo | Foto: Vítor Silva/Botafogo

Chay é um dos remanescentes da última temporada botafoguense, que consistiu em um ano difícil na segunda divisão do futebol nacional, mas terminou de maneira vitoriosa, com a conquista da Série B e o retorno à elite. Apesar disso, com a chegada de novos talentos, o jogador poderia sentir a própria titularidade ameaçada, mas ele fez questão de afastar essa hipótese e considerou “natural” a reformulação da equipe:
 

Iniciando ou não, importante é estar unido e o Botafogo conseguir as vitórias. Se eu vou estar iniciando ou se eu não vou entrar… todo mundo que tá aqui tá preparado pra exercer o melhor da profissão. A gente sabia da importância de chegar jogadores. Isso é natural. Quem chegou tava trabalhando pra mostrar seu valor. Tem disputa, mas é saudável, do esporte. Sempre tivemos um grupo muito unido aqui.”

Veja a entrevista completa na íntegra:


 

Enquanto o Alvinegro ainda não se tornava oficialmente uma empresa, torcedores mostravam-se receosos e ao mesmo tempo animados para a nova fase que está por vir. De outro lado, os setores de comunicação apuravam as informações que surgiam, e os jogadores, por sua vez, conforme revelou o Chay, pareciam animados nos bastidores com a ideia: 

A resenha era “será que vai mesmo”? Todo mundo queria, obviamente, a estrutura muda muito quando se tem dinheiro. Até que aconteceu mesmo e vieram as brincadeiras, né? “Viramos playboy” e tal. (risos)”, brincou o jogador.

Victor Cuesta é um dos novos reforços do Botafogo | Foto: Vítor Silva/Botafogo

Entre alguns nomes recém-chegados ao Botafogo, estão Lucas Piazon, Lucas Fernandes, Gustavo Sauer, Victor Sá, Tchê Tchê e Víctor Cuesta. Além disso, fora das quatro linhas também teve uma outra grande novidade: a chegada do técnico português Luís Castro, de 60 anos, ex-Al-Duhail, do Qatar. Chay enfatizou que o estilo do novo comandante é diferente e que, apesar dos destaques do ano passado, o trabalho está começando do zero:

Ele chegou respeitoso com todo mundo. Mas começa do zero. Ele não conhecia ninguém. Tá ainda em um processo de encontrar um grupo que encaixe com a ideia de jogo dele. Ele realmente cobra muita intensidade. É uma grande diferença, questão de costume. Desde que chegou, falou que Bota vai jogar pra vencer. Ele quer que a gente seja forte quando tiver atacando, perdeu a bola, pressiona”, comenta Chay sobre a relação com o novo treinador.

Na última temporada, Chay participou de 44 jogos com o Glorioso, nos quais somou 13 gols e 11 assistências. Durante esse período, chegou a participar da sequência de dez jogos de invencibilidade da equipe e foi vice-artilheiro, atrás apenas de Rafael Navarro, com 16 gols. Na atual temporada, o cenário parece menos movimentado, afinal, o jogador ainda não balançou as redes. A oportunidade para marcar o primeiro gol do ano pode ser na partida contra o Juventude, nesse domingo, às 11h, no Nilton Santos, pela 4ª rodada do Brasileirão. 



Em exclusiva à TNT Sports, jogador do Glorioso, que foi um dos protagonistas da conquista da Série B no ano passado, também falou do trabalho do português Luís Castro e brincou com a transformação em SAF: “Viramos playboy”

Related Posts

Marcelo Gallardo vira opção do PSG para substituir Mauricio Pochettino, diz jornal

O Paris Saint-Germain se sagrou campeão francês pela décima vez, mas não considera sua temporada um sucesso após a queda da Uefa Champions League para o Real…

PSG teve prejuízo recorde na última temporada: R$ 1,1 bilhão

Nesta quinta-feira (12), o blog ‘Swiss Ramble’ divulgou dados financeiros da última temporada do Paris Saint-Germain, revelando que o clube francês teve um prejuízo gigantesco, de 225…

Vini Jr. marca primeiro hat-trick da carreira e torcedores vão à loucura

Já campeão de LaLiga, o Real Madrid recebeu o Levante nesta quarta-feira (12), no Santiago Bernabéu, e goleou por 6 a 0, com gols de Mendy, Benzema,…

Jonatas Santos celebra título da Liga nos Emirados Árabes Unidos: “Momento único”

O Al Ain, um dos principais clubes dos Emirados Árabes Unidos, consagrou na última quarta-feira (11) o seu domínio no futebol nacional na atual temporada. A equipe havia…

Jogo de futebol no Peru é paralisado após passagem de redemoinho pelo campo; VEJA VÍDEO

O futebol não está alheio aos fenômenos da natureza e isso foi provado no último domingo (8), já que o jogo entre Semillero e San Andrés, no Peru, contou com…

São Paulo recebe proposta do Arsenal por Marquinhos

O São Paulo recebeu uma proposta do Arsenal, da Inglaterra, pelo atacante Marquinhos. A informação inicial foi dada pelo site ‘ge’ e confirmada pela TNT Sports.   Aos…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.